Critérios

TEMPORADA 2022 | 2023

PROVAS REGIONAIS CRUZEIROS 2022 | 2023

Introdução:

O presente documento, complementa aos regulamentos e critérios definidos pela FPV nas áreas de competência das Associações Regionais, pretende potenciar a qualidade das regatas aumentando o número de participantes nas provas.

Calendário de Regatas:

Reunião do calendário em Setembro.

Marcação das provas do calendário de Outubro 2022 a Dezembro 2023.

Ranking regional de cruzeiros:

1. Serão realizados dois rankings regionais de cruzeiros:

1.1 Ranking Regional ARVC (Classes ANC e ORC), constituído pelas provas que contam para efeito de desconto da estadia das embarcações junto da APL, que incluirá as seguintes provas:

1.1.1 Total de 27 fins-de-semana com provas;

1.1.2 No fim-de-semana em que se disputar uma destas provas, nenhuma outra prova destas classes, poderá ser disputada na zona centro.

1.1.3 As provas terão início ou fim dentro do Porto de Lisboa.

1.1.4 Serão incluídas neste ranking as provas organizadas em dias de semana, de segunda-feira a sexta-feira.

1.1.5 Só serão contabilizadas para desconto da estadia das embarcações junto da APL as provas incluídas neste ranking.

1.1.6 Cada dia de regata contará 1 (um) para o desconto, independentemente das regatas realizadas nesse dia, a exceção da Regata dos pilotos (2), Regata APL (3) e Regata Sail of Lisbon (2).

1.2 Ranking Regional ORC:

 1.2.1 A ARVC, em seguimento dos Regulamentos Desportivos da federação (RD 10.10), definirá de entre as provas disputadas na região centro, quais as regatas que contam para do ranking Regional de Cruzeiros ORC.

 

Marcação das provas:

2. Tendo como base a época 21/22, definimos a seguinte tabela para marcação de provas que integrem o Ranking Regional da ARVC, tendo definido um máximo de 8 fins-de-semana por clube:

 

2022 Dias de regata % Fins semana
CNA 12 16,90 6 6
ANL 30 42,25 15 8
CNL 7 9,86 4 4
SAD 10 14,08 5 5
CSP 7 9,86 4 4
71 100   27

3. Se um clube mostrar interesse em organizar regatas de cruzeiros para o Ranking Regional ARVC, será atribuído um fim-de-semana.

4. Os Clubes deverão ordenar as regatas (de acordo com impresso anexo) indicando quais as datas que são mais importantes, o que permitirá uma distribuição de datas a partir das regatas colocadas por todos os clubes em 1º seguindo-se as colocadas em 2º etc. até ao final.

5. Serão factores de desempate:

5.1 Grupo de regatas ou torneios que, por estarem integrados em qualquer evento, têm data obrigatória;

5.2 Dependendo das marés para a sua realização;

5.3 As datas das regatas serem comemorativas de eventos, que perdem o seu significado se forem deslocadas;

5.4 Antiguidade das regatas;

5.5 Os clubes que pretendam realizar eventos e distribuições de prémios, pretendendo um fim-de-semana completo de regatas, dando assim uma maior viabilidade financeira ao evento, incentivando os velejadores a fazerem as duas regatas e a comparecerem no convívio da distribuição de prémios no último dia.

6. Tem-se verificado que vários clubes inscrevem regatas no calendário que depois anulam, ficando esse dia sem regatas. Para se evitar esta situação estabelecem-se os seguintes princípios:

6.1 Os clubes deverão executar as regatas que programaram, excepto se forem impedidos por motivos de força maior. São considerados motivos de força maior:

6.1.1 As condições meteorológicas serem muito adversas e (ou) por razões de segurança ser desaconselhado fazer a regata;

6.1.2 Impedimento da Autoridade Marítima;

6.1.3 Número insuficiente de inscrições: – Menos que 12 concorrentes inscritos constatado na véspera da regata, à hora do fecho das inscrições;

6.1.4 Motivo diverso, devidamente justificado pela Comissão de Regatas e aceite como válido pela ARVC (Não se considera motivo válido qualquer razão que apenas diga respeito ao clube organizador, como por exemplo a perca de um patrocínio).

7. A não efetivação de uma regata programada e inscrita no calendário, por motivo considerado não justificado de acordo com o ponto anterior, implica que no ano seguinte, essa regata perca o direito de ser marcada com preferência relativamente a outras propostas por outros clubes em caso de sobreposição de datas.

8. Embora inscrita com um nome, os clubes organizadores poderão sempre mudar o nome da regata de modo a satisfazer compromissos publicitários.

9. Os clubes que não pretendam fazer uma determinada regata já calendarizada deverão avisar com um mês de antecedência a ARVC, o que evitará a aplicação do ponto 6º.

PROVAS REGIONAIS VELA LIGEIRA 2022 | 2023

Introdução:

Os presentes critérios, complementam aos regulamentos e critérios definidos pela FPV nas áreas de competência das Associações Regionais.

Quadro Competitivo:

As candidaturas para as provas do Quadro Competitivo Regional, terão de ser submetidas no respetivo formulário.

O calendário é estabelecido tendo em conta os regulamentos em vigor da FPV, não devendo na mesma data existir duas provas dos diferentes Campeonatos Regionais, nem Provas Nacionais das classes envolvidas.

O Quadro Competitivo Regional será composto pelas seguintes Provas/Taças, de preferência repartidas geograficamente pela Região:

– Provas de Apuramento Regional (PAR):

      • Número de provas: 3
      • Regidas pelo regulamento da Federação Portuguesa de Vela “critérios de aceso ao Campeonato de Portugal de Juvenis e Infantis”;
      • Pontuarão para o Ranking Campeonato Regional.
      • Valor da inscrição definido pela tabela da FPV

– Provas do Campeonato Regional | Duarte Bello:

      • Número de provas: 3
      • Regidas pelos presentes critérios
      • Abertas às classes Optimist, ILCA, 420, Snipe e Vaurien
      • Pontuarão para o Ranking Campeonato Regional.
      • Inscrição única para as 3 provas na ARVC, valor da inscrição 60€ pago na primeira prova, inscrições posteriores não tem alteração no valor.

 – Taças:

      • Taça de Escolas de Vela, a ser disputado numa única prova, regida pelo regulamento da Federação Portuguesa de Vela “critérios de aceso à Taça de Portugal de Escolas de Vela”.
      • Taça Optimist por Equipas, a ser disputada numa única prova;
      • Taça Windsurf, a ser disputada numa única prova;
      • Taça Kitesurf, a ser disputada numa única prova;
      • Taça de Modelos à Vela, a ser disputada numa única prova;

– Classes :

Só será possível juntar frotas com menos de 10 barcos, as classificações serão sempre separadas.

      • Optimist
      • Optimist Frota 1 | Juvenis + Infantis com upgrade.
      • Optimist Frota 2 | Infantis sem upgrade.
      • Optimist Frota 3 | Velejadores 1º e 2º ano licença desportiva praticante Regular;
      • Nunca ter participado numa PAR, no Campeonato de Portugal de Infantis / Juvenis ou na Taça de Portugal de escolas de vela;
      • Ter menos de 15 anos,  no ano em que finaliza a época desportiva;
      •  ILCA4 | Juniores
      • ILCA6 | Juniores, Seniores e Master
      • 420 | Juniores e Seniores
      • Snipe | Juniores, Seniores e Master
      • Vaurien | Juniores, Seniores e Master

 

Prémios:

Serão atribuídos os seguintes prémios:

      • 1 prémio por cada 3 barcos inscritos num máximo de 3 prémios
      • 1 prémio para o 1ª Feminino ( exceto no ILCA 7)

– Provas de Apuramento Regional OPTIMIST: (Custo Suportado pelo Clube)

      • Infantis
      • Juvenis

Provas Campeonato Regional / Duarte Bello: (Custo Suportado pela ARVC)

      • Optimist  ( Frota 1 ; Frota 2 ; Frota 3 )
      • ILCA: ILCA 4 ; ILCA 6 ( Juniores, Seniores, Masters ) ILCA 7
      • 420 (Juniores ; Seniores )
      • Snipe (Juniores; Seniores ; Masters )
      • Vaurien (Juniores ; Seniores ; Masters )

– Ranking Regional:(Custo Suportado pela ARVC)

Ranking Campeonato Regional:

      • Frota 1
      • Frota 2

Ranking Campeonato Regional:

      • Optimist  ( Frota 1 ; Frota 2 ; Frota 3 )
      • ILCA: ILCA 4 ; ILCA 6 ( Juniores, Seniores, Masters ) ILCA 7
      • 420 (Juniores ; Seniores )
      • Snipe (Juniores; Seniores ; Masters )
      • Vaurien (Juniores ; Seniores ; Masters )

– Taça Regional de Escolas de Vela: (Custo Suportado pela ARVC)

      • Classificação geral + 1º feminino
      • Troféus às 3 primeiras equipas, o clube vencedor terá direito a incluir o nome do clube no troféu perpétuo.

 Nota:

Uma parte das importâncias recebidas pela inscrição ao Campeonato Regional serão entregues aos clubes organizadores em partes iguais.

As despesas com o Presidente da Comissão de Regatas e Presidente Comissão de Protestos são suportadas pela ARVC depois de recebimento da verba atribuída pela FPV.

 

Os clubes deverão fornecer entre outras a seguinte informação no boletim de inscrição:

      • Frota
      • Nome, idade e Nº licença Federativa
      • Escalão
      • Masculino ou feminino

Aprovado em reunião de direção 19|10|2022